Vale a pena ser Tecnólogo em Gestão Ambiental?

tecnólogo em gestão ambiental

Você sabe do que se trata o curso de tecnólogo em Gestão Ambiental? O profissional formado na área é responsável por garantir que diferentes negócios consigam aliar desenvolvimento econômico com sustentabilidade, evitando, assim, gerar impactos negativos sobre o meio ambiente.

A ocupação tem ganhado cada vez mais visibilidade no mercado de trabalho — sendo apontada como profissão do futuro — justamente porque muitas instituições e empresas necessitam de colaboradores qualificados para lidar com os desafios do setor.

Para entender mais sobre o assunto, continue acompanhando a leitura, confira se vale a pena ser Tecnólogo em Gestão Ambiental e, ainda, saiba quais são as expectativas para a profissão no futuro.

Como o curso de Gestão Ambiental funciona na prática?

O curso de Gestão Ambiental, na modalidade tecnológico, visa cuidar das relações existentes entre os seres humanos e a natureza. Ou seja, o profissional deve desenvolver um sistema administrativo empresarial que tenha como foco, sobretudo, a sustentabilidade geral do negócio.

A faculdade de Gestão Ambiental, portanto, é a melhor opção para quem deseja se qualificar, uma vez que engloba as diferentes competências exigidas para a atuação no ramo. O Tecnólogo pode ser cursado entre 2 a 3 anos, e o estudante pode optar, também, pelo formato EAD. A FAMA oferece a modalidade presencial para quem tem mais disponibilidade de horários, e semipresencial para quem precisa de mais flexibilidade no dia a dia.

De forma geral, a graduação conta com disciplinas teóricas e práticas, onde são transmitidas tanto noções básicas de Ecologia quanto habilidades voltadas para o planejamento urbano, por exemplo. A junção de tais capacidades possibilita que os graduandos desenvolvam uma formação completa e multidisciplinar, e para formar-se é obrigatório fazer um estágio e um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

O curso de Tecnólogo é voltado, sobretudo, para a atuação no mercado de trabalho. No Brasil, o potencial de crescimento do setor é cada vez mais positivo, principalmente no Norte do país, onde o serviço público e as organizações não governamentais têm demandado analistas, fiscais e auditores para elaborar estudos e relatórios de impacto ambiental. Ou seja, o desenvolvimento sustentável tem mudado a economia da região Norte.

A principal diferença da formação em tecnologia para o bacharelado é o tempo de duração e, também, a aceleração do processo para entrar e atuar em um cargo profissional. Sendo assim, o ideal é que o aluno busque por uma área e especialize-se em nichos de seu interesse.

Se você deseja investir na carreira em Gestão Ambiental, saiba que existe uma série de vantagens da graduação para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. A seguir, veja quais são os principais diferenciais da formação no formato Tecnólogo.

Pode ser concluído em pouco tempo

Os cursos superiores de tecnologia são, geralmente, voltados para as exigências do mercado. Por isso, um dos focos da modalidade é possibilitar a conclusão da capacitação em pouco tempo, permitindo que o aluno possa iniciar as atividades na profissão o quanto antes. Grande parte das faculdades, atualmente, oferecem a opção de concluir a graduação em até quatro semestres, ou seja, em até 2 anos, podendo chegar até 3 anos de estudos.

Aumenta a visibilidade no mercado de trabalho

De fato, a sustentabilidade é um assunto cada vez mais em alta e a quantidade de empresas que buscam por profissionais qualificados nas novas tecnologias é crescente. Assim, o gestor ambiental tem sido bastante requisitado no mercado, justamente por contar com as aptidões e habilidades necessárias para propor soluções eficientes nos mais diferentes negócios.

Possibilita alta empregabilidade

O setor garante excelentes oportunidades para os profissionais e uma multiplicidade de alternativas para trabalhar em cargos de empresas públicas, privadas e não governamentais. Com isso, a empregabilidade da área é considerada alta, oferecendo bons salários e a promessa de estabilidade para recém-formados.

O profissional atua em diversos setores

O gestor ambiental conta com diversos segmentos de atuação, como hospitais, companhias de abastecimento de água e energia, mineradoras, aeroportos e construtoras, entre outros. Ao concluir o curso, portanto, o indivíduo pode escolher por um setor de seu interesse, além de também ter a opção de abrir uma empresa para oferecer consultorias para negócios de diferentes ramos.

Em quais setores o profissional pode atuar?

O mercado está em expansão, uma vez que a demanda por colaboradores qualificados acerca dos temas ambientais nas empresas é cada vez mais significativa. Assim, além das grandes indústrias, o gestor ambiental também pode atuar como consultor ou professor ou, também, conseguir uma vaga no setor público.

As vagas de emprego estão espalhadas por todo o país, sendo que as regiões Norte, Sudeste e Sul concentram as principais oportunidades para a profissão, sobretudo devido à quantidade de indústrias nessas partes do Brasil. Nesse sentido, a graduação torna-se um passo imprescindível para quem deseja alcançar sucesso na carreira e, ainda, contar com boas oportunidades de trabalho em pouco tempo.

No país, a média salarial do gestor ambiental é estimada entre R$ 3100 a R$ 4000, a depender da função exercida. Os profissionais ainda podem optar por prestar concursos públicos, sendo uma área que oferece uma remuneração acima da média, por volta de R$ 5000 a R$ 6000.

Qual o futuro do mercado para os gestores ambientais?

Sem dúvidas, todos os setores relacionados ao meio ambiente prometem boas perspectivas para o futuro. Até porque cada vez mais a sociedade vem exigindo ações que auxiliem diretamente na redução dos impactos e da degradação da natureza.

A legislação brasileira faz com que a presença dos profissionais seja cada vez mais necessária. Inclusive, cabe às empresas desenvolverem meios eficientes para cuidar adequadamente dos recursos naturais, contratando colaboradores experientes e qualificados no segmento.

De maneira geral, os gestores ambientais podem atuar em qualquer local ou organização que necessita de mão de obra qualificada para planejar e executar programas voltados para a educação ambiental, a reciclagem, a redução de impacto das atividades humanas e corporativas etc.

Também são oferecidas diversas vagas que demandam orientações técnicas e práticas dos profissionais, como em órgãos reguladores, secretarias de meio ambiente, fazendas, cooperativas, entre outras. Sendo assim, o setor é considerado bastante promissor, e quem começar a se preparar logo para ingressar na carreira pode aproveitar o crescimento e as boas oportunidades.

Optar por um curso de Tecnólogo em Gestão Ambiental pode ser uma excelente alternativa de profissão, não é mesmo? No entanto, é fundamental escolher uma instituição de ensino de qualidade que ofereça um currículo completo para os estudantes. Dessa forma, certamente você poderá aproveitar ao máximo as possibilidades que o mercado de trabalho oferece!

Se interessou pela carreira? Então, entre em contato conosco! Temos uma equipe educacional pronta para atender você!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos fama

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.