Por que o curso de técnico em Radiologia não é suficiente?

curso técnico de radiologia

Você sabia que existe a possibilidade de atuar com nível superior ou técnico em algumas profissões? Isso acontece no setor de Radiologia! Quem escolher seguir essa carreira pode trabalhar como Tecnólogo ou Técnico em Radiologia. No entanto, é preciso ter atenção a um quesito bem importante: existem diferenças entre essas funções que impactam bastante o salário de cada uma.

Se você se interessa pelo assunto, continue a leitura deste artigo! A seguir, explicaremos:

  • o que faz um radiologista;
  • a diferença entre os cursos Técnico e Tecnólogo;
  • como funciona o Tecnólogo de Radiologia;
  • por que escolher a faculdade de Radiologia.

Boa leitura!

Afinal, o que faz um radiologista?

O profissional formado em Radiologia atua operando aparelhos de diagnóstico por imagem e é responsável pelo processamento e manipulação de radiografias analógicas e digitais também, tanto no setor das áreas médicas como na Odontológica e Veterinária. Em suma, ele trabalha com diferentes técnicas que têm um único princípio: a utilização da radiação para o diagnóstico e tratamento de patologias diversas.

Destacamos, a seguir, algumas técnicas de produção de imagens que são de responsabilidade do radiologista. Veja:

  • Ultrassonografia;
  • Densitometria Óssea;
  • Tomografia Computadorizada;
  • Radiologia Convencional e Contrastada;
  • Mamografia;
  • Ressonância Magnética;
  • Medicina Nuclear.

O dia a dia desse profissional da área da saúde é bem operacional. Afinal, em grande parte de seu tempo, ele está operando aparelhos de diagnóstico por imagem e cuidando para que eles estejam em boas condições de uso.

No entanto, as tarefas diárias podem mudar de acordo com o setor em que o radiologista está inserido e, claro, a formação escolhida. Explicaremos melhor essa questão no próximo tópico. Continue acompanhando para saber mais!

Agora que você entendeu mais sobre as funções do radiologista, chegou o momento de saber qual é a diferença entre o curso Técnico e Tecnólogo em Radiologia para, então, definir a melhor opção para o seu futuro profissional! Vamos lá?

Técnico em Radiologia

O Técnico em Radiologia tem duração de, pelo menos, dois anos. Em geral, chama a atenção de quem deseja ingressar ou se recolocar no mercado profissional de maneira rápida. Ele também é uma boa opção para jovens que buscam a primeira oportunidade no mercado de trabalho, pois é possível realizar o curso paralelamente ao ensino médio.

A formação é baseada no conhecimento prático — ou seja, ao longo do programa, serão ensinadas funções mais operacionais do setor de Radiodiagnóstico, como posicionamento de pacientes e realização de exames por imagem. Ao final do curso, o aluno recebe um diploma como técnico de nível médio.

Tecnólogo em Radiologia

O Tecnólogo em Radiologia tem duração de seis semestre e oferece uma formação de nível superior. Quem opta pelo curso, tem uma base científica muito mais aprofundada — e, consequentemente, mais oportunidades no mercado de trabalho.

Além de aprender sobre as funções operacionais do ofício, o estudante será preparado para ocupar cargos de gerência e supervisão de outros Técnicos em Radiologia. Boa notícia, não é verdade? O programa é indicado, também, para quem tem interesse em realizar uma pós-graduação, mestrado etc.

Como funciona o curso Tecnólogo em Radiologia?

Entendeu as principais diferenças entre os cursos de Radiologia? Neste tópico, falaremos um pouco mais sobre o Tecnólogo e o que é aprendido ao longo desse programa.

Como dissemos, o curso tem duração de seis semestres, e a matriz curricular do programa se divide em um ciclo básico de aprendizado e outro com foco especial na rotina profissional. Confira as principais disciplinas ministradas no curso Tecnólogo em Radiologia:

  • Anatomia e Fisiologia Humana;
  • Introdução às Técnicas Radiológicas;
  • Patologia Aplicada;
  • Psicologia, Ética e Comunicação Organizacional;
  • Simulação dos Posicionamentos Radiológicos;
  • Semiotécnica e Primeiros Socorros;
  • Proteção e Higiene das Radiações;
  • Física Aplicada e Radiológica;
  • Radioterapia e Medicina Nuclear;
  • Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética.

Quem opta por esse curso tem a oportunidade de trabalhar não apenas em laboratórios, centros de diagnósticos e hospitais com outros profissionais da área da saúde, mas também em indústrias e fabricantes ou distribuidoras de equipamentos hospitalares. Há oportunidades no setor alimentício e farmacêutico, em que o radiologista é responsável por efetuar a esterilização de alimentos e remédios utilizando a radiação.

Existem, ainda, possibilidades de atuação até na Construção Civil, acredita? Nessa área, o radiologista opera máquinas de raio-X para verificar encanamentos ou mapear a planta hidráulica de uma construção mais antiga, por exemplo.

Se você se interessa pelo setor, saiba que, para seguir essa profissão, é preciso uma boa dose de responsabilidade, além de muita dedicação e foco. Isso porque a radiação dos equipamentos que o radiologista opera contribui para o aparecimento de células cancerígenas. Então, ele deve tomar bastante cuidado para não colocar a saúde de pacientes em risco.

Por que escolher a faculdade de Radiologia?

Como podemos perceber, o curso Técnico em Radiologia é capaz de colocar você rapidamente no mercado de trabalho. No entanto, ele não é suficiente para quem deseja ascender na carreira, destacar-se entre os demais e conquistar as melhores oportunidades profissionais possíveis.

Para convencer você disso, elencamos as principais vantagens do curso Tecnólogo em Radiologia. Confira agora mesmo e se prepare para tomar a melhor decisão para o seu futuro:

  • formação em curto tempo: em três anos, o diploma é seu;
  • campo para pesquisa e docência: existe a possibilidade de investir em uma carreira acadêmica;
  • rápida inserção no mercado profissional: após a formação, as oportunidades surgem rapidamente;
  • remuneração elevada: em Macapá, os valores estão entre R$ 2.676,37 e R$ 4.431,53 para 26 horas semanais trabalhadas.

Nesse cenário, lembre-se de que escolher uma instituição de ensino que dê oportunidades de crescimento. Mora em Macapá e está nessa busca? Então, venha para a FAMA! Temos apoio personalizado para nossos estudantes, avaliação continuada para o melhor desenvolvimento dos futuros profissionais, além de professores qualificados e uma infraestrutura completa. Isso sem falar no Canal Conecta, que os coloca um passo à frente na busca pelo emprego ou estágio ideal.

Agora você já sabe por que o curso Técnico em Radiologia não é suficiente para fazer a sua carreira deslanchar, certo? Ao escolher uma Faculdade de Radiologia, terá uma formação acadêmica completa e, por consequência, melhores oportunidades no mercado de trabalho.

Gostou deste artigo? Então, assine nossa newsletter e receba em primeira mão mais conteúdos especiais sobre carreira e o mundo da educação!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos fama

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.