Justificação de faltas: como é feita na faculdade?

estudante justificando faltas

A obtenção de um título de graduação requer muita dedicação do aluno, que se traduz em disponibilidade de tempo e máxima frequência às aulas. Contudo, imprevistos e situações adversas acontecem e, para que a formação não seja prejudicada, é possível fazer a justificação de faltas em determinados casos.

Então, se você está se perguntando “Quantas faltas posso ter na faculdade?”, continue conosco, pois é sobre isso que falaremos em seguida. Boa leitura!

Quais casos podem ser justificados?

A justificação de faltas é uma forma de amenizar as consequências de uma ausência em dia de atividades importantes, tanto em faculdades particulares quanto em públicas. Porém, é importante saber que não é qualquer tipo de falta que pode ser justificada. Apesar de não haver uma lei que regulamente o recurso em instituições de ensino superior, seguem-se boas práticas que são similares ao que é aplicado no ensino médio e no mercado de trabalho.

Cada instituição determina suas regras específicas. Na FAMA, aplicamos as seguintes regras:

  • problemas de saúde;
  • nascimento de filho ou irmão;
  • falecimento de familiar de 1º grau;
  • participação em evento no trabalho.

Qual é o procedimento para fazer a solicitação?

A justificação de faltas é feita por meio da apresentação de documentação que comprove o motivo da ausência, conforme os citados no tópico anterior. As informações detalhadas sobre qual documento deve ser entregue em cada situação podem ser encontradas no Portal do Aluno.

Veja alguns exemplos relacionados aos casos mais habituais:

  • atestado médico;
  • atestado de viagem a trabalho;
  • cópia de certidão de nascimento ou de óbito.

Como recuperar o conteúdo perdido?

Em qualquer faculdade de Macapá ou do Brasil, o principal prejuízo de uma falta é a perda da aula em si. A explicação de uma matéria, a apresentação de um conteúdo mais complexo e, até mesmo, a realização de atividades avaliativas podem prejudicar o aprendizado e o desempenho no curso.

Uma forma de recuperar o que foi perdido é pedindo ajuda de colegas, que podem compartilhar suas anotações e materiais de apoio. Em relação a trabalhos e provas, é preciso estabelecer um acordo junto a cada professor para a reposição mais adequada.

Como reduzir ao máximo a quantidade de faltas?

A justificativa não abona uma falta. Isso significa que, mesmo que você tenha um motivo plausível para ter se ausentado, a falta será computada e não deve ultrapassar 25% da carga horária do curso. Imprevistos acontecem, mas várias outras situações podem, e devem, ser evitadas.

O planejamento é a principal forma de reduzir a quantidade de faltas. Por meio dele, é possível ajustar melhor as datas e os horários em que as atividades pessoais e profissionais serão realizadas, de forma a não afetar os estudos. Além disso, é importante faltar apenas quando for realmente necessário para não extrapolar a cota permitida e ter que repetir a disciplina no semestre seguinte.

A justificação de faltas é um recurso que ajuda o aluno a evitar que alguns imprevistos prejudiquem a sua formação acadêmica. Contudo, é essencial ter responsabilidade e deixar para se ausentar apenas quando não houver alternativa.

Se você gostou do conteúdo deste post e quer saber mais sobre a vida de um estudante de graduação, confira neste outro artigo como é estudar na Faculdade de Macapá!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos fama

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.