Por que investir na faculdade de Economia em Macapá?

estudante da faculdade de economia

Se você se pergunta sobre as vantagens de uma faculdade de Economia no Macapá, é bom, antes, entender a importância e a abrangência do trabalho do economista. Requisitado e bem remunerado, esse profissional tem campo de trabalho em praticamente qualquer área comercial, da indústria ou de serviços.

Afinal, o conhecimento em Economia pode ser utilizado para fazer análises de mercado, planejar finanças, compreender os hábitos de consumo de potenciais compradores, investir em ações e muito mais. Não é à toa que a Economia está entre as profissões mais promissoras de 2020.

Neste artigo, você confere vários motivos para aderir a um curso de Ciências Econômicas. Vamos, também, pontuar o que há de específico em Macapá para motivar você a buscar essa formação nessa cidade e conquistar o mercado de trabalho local. Leia até o fim!

Por que investir em uma graduação em Economia?

Motivos não faltam para investir no curso superior na área de Ciências Econômicas oferecido aqui na FAMA. A seguir, elencamos os principais.

Bons salários

O que regula a oferta de salários para uma profissão é, ironicamente, um conceito básico da área de Economia: a relação entre oferta e procura.

E o economista, exatamente por poder trabalhar em quase todas as áreas, é muito requisitado. Se temos uma oferta de vagas maior que o número de profissionais no mercado, naturalmente, o salário sobe. De acordo com o portal Salário, a remuneração média desse profissional no país é de R$ 6.860,96.

Para isso, no entanto, vale a pena investir na sua flexibilidade profissional desde o início. É claro que é importante aprofundar seus conhecimentos em uma área específica da Economia, mas também é uma boa evitar a especialização excessiva.

Atuação em diferentes setores empresariais

Quem é adepto do trabalho corporativo e pretende estudar Economia vai encontrar nas grandes empresas uma excelente área de trabalho.

O economista costuma ser requisitado nesses setores para fazer análise de dados e planejamento estratégico — que envolve o exame profundo dos movimentos econômicos de mercado.

Possibilidade de empreender e prestar consultorias

Se você pretende ser empreendedor autônomo ou dono de uma empresa, tem duas opções: tornar-se economista ou contratar um para ter a seu lado.

Pequenos, médios e grandes negócios empregam economistas para prestar consultorias muito frequentemente. Esse é, inclusive, um dos critérios que dividem os empreendimentos profissionais dos amadores.

E não são só empresas privadas que demandam essas consultorias. Também há muito espaço para esse serviço na Administração Pública. Ou seja, um concurso público na área pode ser uma grande oportunidade para você. Se o seu interesse é a carreira pública, saiba que, em 2019, houve concurso com vaga para economista aqui no Amapá.

Trabalho com comércio internacional

A mesma capacidade de análise de mercado e de realização de projeções que permitem ao economista prestar consultorias faz com que ele seja aceito no comércio internacional.

Nessa área, no entanto, ele deve lidar com uma maior quantidade de dados e de atores econômicos (os chamados stakeholders). No fundo, em meio a tantos números, estatísticas e implicações econômicas das notícias de jornal, é a capacidade de síntese do profissional que fornece as linhas gerais a seguir.

O comércio internacional é muito suscetível às oscilações do dólar. Altas e baixas nessa moeda tendem a gerar uma cadeia de relações mais ou menos relevantes para cada tipo de negócio. São a experiência e o estudo do profissional que permitem prever aonde essas cadeias e as respostas dos economistas em setores públicos vão levar.

Conhecimento para aplicar na própria vida pessoal

Planejamento de custos, receita e aplicações financeiras não fazem parte apenas da rotina de empresas. A chamada “economia doméstica” utiliza os mesmos conceitos e conhecimentos.

Tornar-se economista permite aplicar às suas finanças pessoais o aprendizado técnico da profissão, tornando a vida pessoal mais planejada. Quem sabe poupar dinheiro leva uma vida mais tranquila, realiza seus sonhos, transformando-os em metas, e gasta melhor o dinheiro.

Contribuição para a saúde financeira de empresas e de pessoas

A má utilização dos seus recursos financeiros não é ruim apenas para empresas e pessoas. Quando nós, como indivíduos, investimos errado ou somos pouco regrados no dia a dia, comprometemos também a economia do país.

Uma balança comercial saudável, assim como a circulação do dinheiro no interior de um mesmo país são fruto de algo fundamental: o equilíbrio.

Evitar o consumismo e direcionar bem a utilização das riquezas de um país é algo que sua população só vai alcançar se for devidamente instruída. Logo, quanto mais o ensino da educação financeira se democratizar, melhor vai ser o resultado de uma nação.

Formando-se como economista, você vai poder contribuir bastante para essa causa, tornando sua atuação algo bom não apenas para você e a empresa em que trabalha, mas também para o bem-estar social geral.

Qual a relação da carreira com o cenário político e social da região?

É compreendendo os movimentos econômicos locais que começa o trabalho do economista. Afinal, saber o que move sua cidade o leva a compreender as relações dela com o estado em que vive, a dependência desse estado com um país e assim por diante.

Quanto ao Amapá, trata-se de um estado com potencial ainda pouco explorado. Tradicionalmente, a economia local desenvolve-se a partir de atividades extrativistas, com pouco desenvolvimento da indústria.

Esse cenário, principalmente com o desenvolvimento tecnológico vertiginoso dos últimos anos, tende a se alterar. Profissionais podem prestar consultorias a distância desde Macapá, ou colher os frutos do inevitável crescimento da indústria local nos próximos anos.

Além disso, o Macapá oferece vagas para os setores público e privado nas empresas já sediadas na região. Além disso, a mineração e a exploração de pedras preciosas, o plantio, a venda e a distribuição de produtos agrícolas vão se aliar ao crescimento da tecnologia e dos setores de TI, além da indústria nos próximos anos.

E sabe o que nos permite fazer esse tipo de projeção? Justamente os conhecimentos de profissionais formados em uma faculdade de economia no Macapá, que dedicam seu tempo e seus esforços para estudar as tendências e os padrões das trocas comerciais dessa capital nos seus mínimos detalhes.

Percebeu na prática a importância dessa profissão? Pois é, ao formar-se na área, você vai poder contribuir para esse cenário, sendo rapidamente absorvido pelo mercado de trabalho. Motivos não faltam para você cursar a sua graduação aqui na FAMA, faculdade de referência na região, e tornar-se economista!

Uma área que guarda relações com a Economia é a de Ciências Contábeis. Veja o nosso artigo sobre ela e decida-se melhor sobre a sua profissão!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos fama

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.